top of page
  • simonefaleiros

Os riscos do uso de wi-fi em locais públicos: Protegendo seus dados pessoais na era da LGPD

No mundo digital atual, o acesso à internet se tornou indispensável em nossas vidas cotidianas. Locais públicos, como cafés, aeroportos e shopping centers, oferecem o serviço de Wi-Fi gratuito, permitindo que as pessoas se conectem à rede mundial de informações.


No entanto, em meio a essa conveniência, é essencial conscientizar sobre os perigos inerentes ao uso do Wi-Fi público e os riscos para a segurança dos dados pessoais. Com a entrada em vigor da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) no Brasil, a proteção dessas informações se tornou ainda mais relevante.

  1. Riscos de Segurança em Redes Wi-Fi Públicas: Ao se conectar a uma rede Wi-Fi pública, os usuários ficam expostos a ameaças cibernéticas, tais como:

  • Sniffing de pacotes: Hackers podem interceptar e capturar os pacotes de dados enviados e recebidos pelos dispositivos conectados, permitindo o acesso a informações confidenciais, como senhas e dados bancários.

  • Redes maliciosas: Cibercriminosos podem criar redes Wi-Fi falsas com nomes semelhantes aos de estabelecimentos reais, com o objetivo de atrair usuários desavisados e roubar suas informações.

  • Ataques de hackers: Os hackers podem se posicionar entre o dispositivo do usuário e o ponto de acesso Wi-Fi, monitorando e manipulando o tráfego de dados, possibilitando a obtenção de dados pessoais sensíveis.

  1. Impactos da LGPD na Proteção de Dados Pessoais: A LGPD foi estabelecida para regulamentar o tratamento de dados pessoais no Brasil, visando proteger a privacidade e garantir os direitos dos indivíduos. Sob a perspectiva da LGPD, o uso de redes Wi-Fi públicas envolve a coleta e o processamento de dados pessoais, o que requer cuidados especiais. Empresas e estabelecimentos que fornecem acesso à internet devem adotar medidas adequadas para proteger os dados dos usuários, sob pena de responsabilização legal.

  2. Medidas para Proteger seus Dados Pessoais: Para evitar possíveis violações de dados ao utilizar redes Wi-Fi públicas, é fundamental adotar as seguintes medidas de proteção:

  • Utilize uma VPN: Uma Rede Virtual Privada (VPN) cria uma conexão segura entre o dispositivo do usuário e a internet, criptografando os dados e garantindo a privacidade.

  • Verifique a autenticidade da rede: Certifique-se de estar conectado à rede oficial do estabelecimento público e evite redes não confiáveis com nomes semelhantes.

  • Mantenha o software atualizado: Atualize regularmente o sistema operacional e os aplicativos do dispositivo para corrigir vulnerabilidades conhecidas.

  • Evite a transmissão de dados sensíveis: Evite realizar transações bancárias, inserir senhas ou compartilhar informações pessoais sensíveis ao utilizar redes Wi-Fi públicas.

  • Desative o compartilhamento de arquivos: Desabilite a opção de compartilhamento de arquivos e impressoras ao se conectar a redes Wi-Fi desconhecidas.

Em um mundo cada vez mais conectado, o uso de redes Wi-Fi públicas se tornou comum, mas é essencial estar ciente dos riscos envolvidos. Com a entrada em vigor da LGPD, a proteção dos dados pessoais se tornou uma prioridade. Ao adotar medidas de segurança e conscientizar-se sobre os perigos do uso de Wi-Fi público, os usuários podem proteger seus dados pessoais e preservar sua privacidade no mundo digital.


É importante lembrar que a segurança cibernética é uma responsabilidade coletiva, tanto dos estabelecimentos que fornecem acesso à internet quanto dos usuários que utilizam esses serviços. Ao se proteger e buscar conhecimento sobre as melhores práticas de segurança digital, podemos desfrutar das vantagens do mundo conectado sem comprometer nossos dados pessoais e nossa privacidade.

4 visualizações0 comentário
bottom of page